Páginas

quinta-feira, 15 de maio de 2014

"Às vezes, somos por um desânimo tão grande,mais tão grande que a vontade de sumir,desaparecer ou simplesmente ficar invisível vira quase que um sonho de consumo prioritário,o silêncio no minimo é inevitável e essencial,pelo menos até que a tempestade se dissipe..."

FATIMA CRISTINA SANTOS
Foto: "Às vezes, somos por um desânimo tão grande,mais tão grande que a vontade de sumir,desaparecer ou simplesmente ficar invisível vira quase que um sonho de consumo prioritário,o silêncio no minimo é inevitável e essencial,pelo menos até que a tempestade se dissipe..."

FATIMA CRISTINA SANTOS