Páginas

quinta-feira, 8 de maio de 2014

"ARDENTE DESEJO.

Quero sentir suas mãos,
Descerem sem direção,
Como um cetim envolto,
A deslizarem em meu corpo.

E nos seus lábios,encontrar,
O mais doce nécta que há,
E num beijo de tirar o fôlego,
Eu sinta sinta seu gosto.

Que desperte meu corpo,
Num imenso fogo,
Intenso,
E louco.

Que me faça arrepiar,
Em um desejo,
De loucura e latejo,
Sem juízo,somente desejo.

Numa alucinação,
Sem convenção,
Sem reação,
Puro líbido em ação..."

FATIMA CRISTINA SANTOS
Foto: "ARDENTE DESEJO.

Quero sentir suas mãos,
Descerem sem direção,
Como um cetim envolto,
A deslizarem em meu corpo.

E nos seus lábios,encontrar,
O mais doce nécta que há,
E num beijo de tirar o fôlego,
Eu sinta sinta seu gosto.

Que desperte meu corpo,
Num imenso fogo,
Intenso,
E louco.

Que me faça arrepiar,
Em um desejo,
De loucura e latejo,
Sem juízo,somente desejo.

Numa alucinação,
Sem convenção,
Sem reação,
Puro líbido em ação..."

FATIMA CRISTINA SANTOS