Páginas

sábado, 19 de abril de 2014

"SENSAÇÃO.

Sensação de perda,
Sem nunca ter tido,
Sensação de vazio,
No infinito,
Que há de errado?
Porquê estou,
Com o coração tão calado?
Porquê? Porquê?
Porque esse desânimo,
Parece ser tão infinito,
Porquê não sei o que sinto?
Mais será mesmo que sinto?
Em meus olhos há um nevoeiro,
No qual já não mais vejo,
Nem esperança,nem anseio,
Nem amor,nem desejo,
VAZIO,
Meu corpo está VAZIO,
Sem nada,
Uma alma sem casa..."

FATIMA CRISTINA SANTOS