Páginas

sexta-feira, 18 de abril de 2014

CONTO-"O PRESSENTIMENTO DE SOPHIA"

"O PRESSENTIMENTO DE SOPHIA.

Ali estava Sophia sentada em sua cama em frente ao seu computador,no escuro de seu quarto e em sua volta um silêncio que no fundo gostava muito,pois conseguia ter um pouco de sossego já que morava em um local que possuía muitos barulhos, e nas madrugadas que aproveitava para fazer o que mais gostava ler e escrever.
Naquela noite em especial ela estava se sentindo muito sozinha e angustiada pois tinha terminado recentemente um relacionamento o qual lhe trazia mas sofrimentos que alegrias e prazer.
Aquela semana tinha sido um tanto triste,a saudade de seu amado( que apesar dos pesares era seu amado),tinha ficado muito forte,ela foi tomara por um sentimento de aperto no peito como se algo de ruim estivesse a acontece ou preste a acontecer.Foi então que resolveu que por mais difícil que para ela fosse entrar em contato com ele,mas não conseguia e sua preocupação a cada tentativa só fazia aumentar.
Após várias tentativas frustradas,sua cabeça parecia um tsunami,de tantos pensamentos tenebrosos.
-O que poderia ter acontecido?
Se perguntava a todo momento,pois seu amado,era um bom homem,jamais apesar da ruptura deixaria de lhe responder,vendo tal apreensão de sua parte.
Foram horas em frente aquele computador,intermináveis tentativas e nada.Aquele silêncio,que
tanto gostava em sua volta tornou-se um fator a mais de agônia solitária.
E em meio a esse tamanho desespero,as lembranças de momentos tão marcantes com ele vieram à tona como a acalmar seu coração,lembrou de seu primeiro encontro,o primeiro beijo,as trocas de
olhares e do frio na barriga de quando ele a encarava,que mesmo sem dizer uma palavra se diziam tudo.Foram tantas lembranças que ela se perdeu num mundo paralelo,e naquela altura ,seu coração já não se sabia se estava aflito ou banhado de um sentimento de nostalgia tão forte que a fez cair no sono.
No dia seguinte resolveu ir até ele, procurar se aquele sentimento de angustia da madrugada tinha razão de ser,se algo tinha acontecido.E sim algo havia acontecido,seu pressentimento não tinha sido alarme falso.Seu amado estava internado pois tinha sofrido um acidente de carro e estava em coma.Seu mundo desmoronou ao saber e ver seu querido ali naquela U.T.I.,todo entubado e machucado.
Foi então em frente aquela situação,que Sofhia viu o quanto foi tola com relação ao termino do relacionamento dos dois,e quando amava aquele homem e jurou a si mesma em meio a promessas em recuperação de seu amado que faria de tudo,que fosse possível e impossível para ajudá-lo e que se ainda houvesse tempo lutaria para que um dia quem sabe se reconciliaria com ele.
E assim foi dias de muita apreensão,espera e recuperação até que seu amado finalmente estivesse totalmente restabelecido.E após esse período de tantos sofrimentos para ambos conversaram,e chegaram a conclusão que eles realmente deveriam ficar juntos.
Assim foi depois de alguns meses Sophia e seu amado se casaram e tiveram um fruto de seu amor,um lindo menino chamado Fernando para consagração da felicidade do casal..."

FATIMA CRISTINA SANTOS
Foto: Está semana a página POEMAS E TEXTOS URBANOS vêm com um conto,espero que gostem deixem suas opiniões do que acharam,a todos um excelente feriado de páscoa,bjim

"O PRESSENTIMENTO DE SOPHIA.

   Ali estava Sophia sentada em sua cama em frente ao seu computador,no escuro de seu quarto e em sua volta um silêncio que no fundo gostava muito,pois conseguia ter um pouco de sossego já que morava em um local que possuía muitos barulhos, e nas madrugadas que aproveitava para fazer o que mais gostava ler e escrever.
   Naquela noite em especial ela estava se sentindo muito sozinha e angustiada pois  tinha terminado recentemente um relacionamento o qual lhe trazia mas sofrimentos que alegrias e prazer.
   Aquela semana tinha sido um tanto triste,a saudade de seu amado( que apesar dos pesares era seu amado),tinha ficado muito forte,ela foi tomara por um sentimento de aperto no peito como se algo de ruim estivesse a acontece ou preste a acontecer.Foi então que resolveu que por mais difícil que para ela fosse entrar em contato com ele,mas não conseguia e sua preocupação a cada tentativa só fazia aumentar.
   Após várias tentativas frustradas,sua cabeça parecia um tsunami,de tantos pensamentos tenebrosos.
   -O que poderia ter acontecido?
   Se perguntava a todo momento,pois seu amado,era um bom homem,jamais apesar da ruptura deixaria de lhe responder,vendo tal apreensão de sua parte.
   Foram horas em frente aquele computador,intermináveis tentativas e nada.Aquele silêncio,que 
tanto gostava em sua volta tornou-se um fator a mais de agônia solitária.
   E em meio a esse tamanho desespero,as lembranças de momentos tão marcantes com ele vieram à tona como a acalmar seu coração,lembrou de seu primeiro encontro,o primeiro beijo,as trocas de 
olhares e do frio na barriga de quando ele a encarava,que mesmo sem dizer uma palavra se diziam tudo.Foram tantas lembranças que ela se perdeu num mundo paralelo,e naquela altura ,seu coração já não se sabia se estava aflito ou banhado de um sentimento de nostalgia tão forte que a fez cair no sono.
  No dia seguinte resolveu ir até ele, procurar se aquele sentimento de angustia da madrugada tinha razão de ser,se algo tinha acontecido.E sim algo havia acontecido,seu pressentimento não tinha sido alarme falso.Seu amado estava internado pois tinha sofrido um acidente de carro e estava em coma.Seu mundo desmoronou ao saber e ver seu querido ali naquela U.T.I.,todo entubado e machucado.
  Foi então em frente aquela situação,que Sofhia viu o quanto foi tola com relação ao termino do relacionamento dos dois,e quando amava aquele homem e jurou a si mesma em meio a promessas em recuperação de seu amado que faria de tudo,que fosse possível e impossível para ajudá-lo e que se ainda houvesse tempo lutaria para que um dia quem sabe se reconciliaria com ele.
  E assim foi dias de muita apreensão,espera e recuperação até que seu amado finalmente estivesse  totalmente restabelecido.E após esse período de tantos sofrimentos para ambos conversaram,e chegaram a conclusão que eles realmente deveriam ficar juntos.
   Assim foi depois de alguns meses Sophia e seu amado se casaram e tiveram um fruto de seu amor,um lindo menino chamado Fernando para consagração da felicidade do casal..."

FATIMA CRISTINA SANTOS