Páginas

domingo, 23 de março de 2014

POEMA-AMANHECER SOLITÁRIO

[A]manheceu,
[M]as aqui estou só,
[A] esperar por você,o que aconteceu?
[N]ão quero ser dramática,
[H]oje amanheci me sentindo sufocada,
[E] entre rimas e versos mal rimados,
[C]om pensamentos longes,desconcentrados,
[E]ntre lenções gelados,
[R]ealidade,amanheci só.

[S]olidão que me devora,
[O] silêncio que incomoda,
[L]entamente vêm a me consumir,
[I]nstante a instante sem você aqui,
[T]razendo assim a solidão,
[A]ssolando meu coração,
[R]esta a mim agora esperar,
[I]lisão,aparição sei lá,
[O] que esse amanhecer me reservar...


FATIMA CRISTINA SANTOS