Páginas

sábado, 11 de janeiro de 2014

 
PRECIOSO SILÊNCIO
 
 
 
E no silêncio,
No simples e puro silêncio,
É que me encontro,
E me reencontro.
 
Na ausência de palavras,
Na ausência de ruídos,
Na ausência de você,
E talvez até de mim.
 
E é nesse amontoado de ausências,
Que busco minha essência,
Minha paz,meu eu,
E sair do m0omento de bléu.
 
Buscando sempre meu caminho,
Tentando escapar dos precípicios,
E armadilhas que a vida oferece ao se caminhar,
A algum lugar,ou lugar nenhum.
 
Sim,no silêncio ou ausência,
Que encontro minha energia,
E porque não minha alegria,
Simplismente munha harmonia,
 
E é nesse silêncio que me fortaleço,
Estreito laços comigo mesmo,
Para de novo recomeçar,me reencontrar,
E certamente me superar...
 
(FATIMA CRISTINA SANTOS)