Páginas

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

POEMA-SILÊNCIO QUERO SIM


*Quero um silêncio,* *Silêncio para refletir,* *Silêncio para me sentir,* *Silêncio para me ouvir,* *Silêncio quero sim.* *São muitos barulhos,* *A me ensurdecer,* *São tantos gritos,* *A me entorpecer,* *São tantos ruídos,* *A me aborrecer.* *Preciso me encontrar,* *Ou talvez me reencontrar,* *Saber que rumo tomar,* *Para me organizar,* *Organizar meus pensamentos,* *Organizar meus sentimentos,* *Resgatar a paz no coração,* *Resgatar a minha razão, * *Reaprender controlar minha emoção,* *Mas para isso preciso de solidão,* *Solidão desse mundo louco,* *Que está acabando comigo aos poucos.* *Silêncio imploro por ti,* *Só assim poderei me ver,* *Ver o que sou,* *Sentir o momento que estou,* *Para acabar com a agonia em mim,* *Silêncio,preciso sim...* (Fatima Cristina Santos)