Páginas

sábado, 18 de maio de 2013

POEMA—DECISÃO.


*Hoje acordei decidida,* *A mudar minha vida,* *Depois de muito pensar,* *Uma decisão resolvi tomar.* *Quero me entregar a essa paixão,* *Sem nenhuma restrição,* *Esquecer os meus receios,* *Dar fim aos meus medos.* *Deixar tomar-me por esse encanto,* *Parar de raciocinar tanto,* *Viver cada minuto ao seu lado,* *Como se fosse um sonho encantado,.* *Quero sentir suas mãos a me tocar,* *E nosso corpos a se arrepiar,* *E sentir a explosão,* *Dessa nossa paixão.* *Desfrutar da sua boca num beijo,* *Sentir seu corpo que tanto desejo,* *E nos seus braços me aconchegar,* *E ver o tempo parar.* *E podê ti amar,* *Sem mas nada a atrapalhar,* *Sentir paz encostada em seu peito,* *Depois de termos nos entregado ao desejo.* *Quanto tempo durará,* *Só o tempo dirá,* *Mas enquanto durar,* *Quero ti amar...*