Páginas

quarta-feira, 20 de março de 2013

POEMA-AMORES.


*Oh! O amor quantas felicidades é capaz de proporcionar.* *O que seríamos sem o amor.* *Sem a nossa imensa capacidade de amar.* *Somos amados logo ao nascer,* *Por um amor de mãe,incondicional sempre a nos proteger.* *Crescemos e temos nosso primeiro amor,* *Ah!o primeiro amor,inocente,platônico,indolor.* *E ao longo de nossa jornada,vamos aumentando a nossa capacidade de amar.* *Amor a natureza,sempre tão perfeita,* *Amor a um amigo,que está sempre contigo,* *Amar o que faz,que pouca gente faz,* *Amar a vida,quando é bem vivida,* *Amor a dois,sem dor,sem restrição,* *Aonde além do amor se têm paixão,* *O amor nos faz ver o mundo mais belo*. *Em qualquer momento.* *O verdadeiro amor não preciona,não aprisiona.* *No amor só se quer a felicidade do ser amado.* *Mas como desvendar o amor?* *O amor não é para ser desvendado,* *Ele é para ser sentido e praticado...*